terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Fim de Semana na fazenda com a Família!

Família é a coisa mais maravilhosa desse mundo, é coisa de Deus.


.
Nesse fase de autoconhecimento, de buscar coisas que me enchem o coração e a alma, percebi que deixava a minha família um pouco de lado, sempre priorizando outras coisas, e isso me incomodava muito
Moro longe dos meus pais desde os 16 anos e desde então nosso tempo juntos se resumem quase sempre a fins de semana. Muitas das vezes em que nos despedíamos sentia que tinha faltado algo, que eu devia dar mais atenção, não sei explicar bem, era uma sensação muito ruim.
Pois bem, Novembro, dois feriados ‘Maravilindos’ e eles seriam da minha família.
Muitas vezes com o a correria da vida deixamos de ter qualidade de tempo, por que não bastava só ter tempo pra ficar com a família, eu precisava saber aproveitá-lo da melhor maneira possível e é isso que eu tenho priorizado na minha vida.
Quando estamos com nossa família estamos inteiramente conectados com a nossa essência, com a nossa criança interior. 
Família é pra onde sempre poderemos voltar, é onde sempre teremos abrigo e amor.
O fim de semana foi maravilhoso!!!

Não tinha como ser diferente, eu estava com as pessoas que eu mais amo na vida, desconectada do mundo virtual e rodeada de verde.
Escutei meu pai contar suas histórias, fui pro Curral olhar os bezerrinhos novos (obs: ele sempre reclamava que eu não ia no curral) Rs...
Escutei minha mãe me contar dos babados da região e contei os meus babados também, projetos e tals.
Conversei com as pessoas que ali chegavam.
Ajudei meu pai e minha avó a preparar linguiças e quase morri de sorrir deles.
Fui andar com minhas irmãs no final da tarde, fazer umas fotos e quase fiz (pipi) nas calças de sorrir, real/oficial. Huahuaha

Coisas importantes pra eles que na maioria das vezes eu ignorava, mas pude perceber que são também importantes pra mim.
Talvez eu nunca cuide de bezerros, nem precise dar remédio pra um pintinho dodói, nem mesmo preparar linguiças e nem tirar as melhores fotos nos melhores ângulos mas o simples fato de dar a devida atenção a eles e de sair de lá com a certeza que aproveitei esse pouco tempo da melhor maneira possível me deixa mais leve e feliz!

.
Um simples relato, com palavras simples por que é na simplicidade desses momentos, nas pequenas coisas que existem a felicidade na sua forma mais pura!



0 comentários:

Postar um comentário

Não se esqueça de comentar esse post!

Sobre o quê você quer ler hoje?